quinta-feira, 22 de agosto de 2013

RISCO PARA BORDADO INAPAGÁVEL DURANTE O TRABALHO E SOLÚVEL EM ÁGUA DEPOIS DE PRONTO

Redescobri a pólvora!!!!!

Coloquei o ovo de Colombo em pé!!!!

Vi a dica no blog “Bordado passo a passo” da Dária (recomendo), num vídeo do Wagner (aqui). Ele ensina o tal de “ponto cruz pingado”.

Não faço ponto cruz mas, a técnica de marcar o tecido com canetinhas de hidrocor chamou minha atenção: e se eu tentasse riscar os desenhos para bordar com elas? Será que daria certo?

Segundo o Wagner, as canetinhas da Faber Castell são as melhores e, se ele já testou várias marcas, porque eu iria perder tempo fazendo isso? Comprei rapidinho um estojinho das tais canetinhas para experimentar.



Confesso que, até este momento, ainda estava duvidando um pouco do resultado. Fiz uns testes e fiquei encantada.
Funciona!!!!
O desenho não apaga com o manuseio!!!!
Não suja o tecido!!!!!
O risco fica nítido, claro!!!!
Sai rapidinho com água pura!!!!
É barato!!!!
É produto nacional!!!!
Tem para vender aqui na minha cidade!!!!!

Lá lálá rilálá!!!!! Lá lálá rilálá!!!!! Lá lálá rilálá!!!!! 

Usei minha caixa de luz para riscar e o fiz com traços leves e rápidos pois, se a pontinha da caneta ficar, muito tempo, num ponto do tecido este “puxa” a tinta e faz um borrão.

Observe a nitidez do risco.

Depois de pronto, alguns traços, como é normal,teimavam em aparecer.



A tinta começa a sair assim que entra em contato com a água.




Esta é a primeira água, em segundos, ficou toda azul.


Uma rápida troca de água e...


Não precisei nem molhar o pano inteiro. Todo o processo numa pequena bandeja plástica.


Depois de seco e passado a ferro, sem nenhum resquício do risco:




E, o Grupo de Costura, além de ganhar mais um pano de prato bordado em ponto palestrina (continuo praticando), resolveu o problema que enfrentava com os riscos dos bordados.



A Dária e o Wagner não têm noção de como nos ajudaram! Obrigada! 

21 comentários:

  1. Eglea? это отличная идея! У моих детей есть водорастворимые фломастеры, но я не догадалась использовать их в своих рукодельных целях.
    Eglea, é uma ótima idéia! Meus filhos têm um marcadores solúveis em água, mas eu percebi que usá-los em seus propósitos de artesanato. Boa sorte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece que você vai experimentar, não é?
      Um abraço!
      Кажется, что вы будете испытывать, не так ли?
      Обнять!

      Excluir
  2. Oi flor, uma ajuda e tanto né?
    Assim não fica tão difícil pra gente, principalmente eu que quase nunca bordo hehe. Seu trabalho ficou lindo. Um abraço querida!!

    ResponderExcluir
  3. Egléa, que achado valioso!!!

    Gostei vou tentar!!!

    Bjks

    Sonia

    ResponderExcluir
  4. Egléa, muito obrigada pela dica e pelo mato a cobra e mostro o pau.....kkkk
    e já agora adorei a ideia das setinhas coloridas.....Ei tá mineira descolada.....
    Falando sério: obrigada e agora vou lá conferir o endereço a que nos remete..

    abraços de MF

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Filomena, você está falando "mineirês" !!!!
      Não sei usar o fotoshop então a gente improvisa...kkk
      Um abraço!

      Excluir
  5. Mas que maravilha, Egléa! Há coisa de uns 15 dias eu risquei dois paninhos para bordar (com a intenção de transformá-los em quadrinhos) e estava justamente pensando que o bordado terá que cobrir o traço do carbono pq senão vai ficar muito feio... daí vc publica este achado! Adorei saber, pois não conhecia essas canetinhas com tinta solúvel em água.
    Fiquei rindo aqui, pois tb festejo quando encontro um produto em minha cidade. Morar no interior é bom, mas tem suas desvantagens e fico chateada quando não consigo encontrar um produto que descubro na blogosfera.
    .....................
    Sobre o seu comentário no meu último post, fiquei pensando se cada mineiro tem guardado dentro de si um poeta, pois tudo que vc escreveu por lá é pura poesia. Eu já acho seus textos muito bem escritos e poéticos, mas dizer que a minha parede dos patos funciona como um portal para um mundo de lembranças encantadas... nossa... foi lindo demais!
    Obrigada pelo carinho e pelos elogios à minha filha. Eu fico toda vaidosa... rs.
    Sobre o livro que vou lhe enviar, assim que postar lhe aviso, sim? Em razão do trabalho de revisão que estou fazendo não tive como sair de casa esta semana e pelo jeito passarei trancada no fim de semana na peleja...
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, este método funciona mesmo! Nosso comércio, as vezes, me deixa as raias do desespero...
      Obrigada pelos comentários, estou me mexendo na cadeira, me ajeitando e sorrindo feito boba.
      Bom trabalho!
      Um abraço!

      Excluir
  6. a ideia é otima, mas eu desisti....toda vez que marquei o tecido com essas canetinhas a tinta nao saiu...e conheço outras pessoas que fizeram e conseguiram limpar depois.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha só, você tentou com as canetinhas da Faber Castell? Lá no vídeo do Wagner ele mostra que outras marcas não oferecem o mesmo resultado. Outra dica é fazer traços suaves ( o tecido absorve pouca tinta desta forma). Não desista! Tente novamente pois, funciona!

      Excluir
  7. Oi Egléa, tô tão feliz... adoro quando coloco alguma coisa no blog que ajuda realmente as pessoas.Como voce deve saber, por motivos de saude, ultimamente não tenho feito nada, mas não resisto em guardar nos meus blogs as boas ideias e coisas bonitas que acho pela internet. Sou daquelas que nao gosta de jogar nada fora achando que um dia posso vir a precisar kkk ( nem sempre acontece kkk). Nos meus blogs é assim, tudo que acho bonito e interessante, guardo nos blogs...kkk com isso de vez em quando acabo ajudando as pessoas que me visitam. Bem, já que não estou podendo fazer, me realizo ajudando de alguma forma a quem faz.Beijos, beijos e beijos pra voce amiga e borde muito por nós duas...kkk Bom fim de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre aprendo um pouco com você! Continue partilhando seus achados!
      Um abraço!

      Excluir
  8. Olá, adorei o seu blog, ao ler alguns posts, vi que você é uma pessoa esforçada que só quer falar e ser ouvida na blogosfera, assim como eu. Posso dizer que gostei muito do que li, vc tem um potencial enorme e sei que será um grande blog de fácil entendimento e conteúdo gostoso de ler. Sou Luciana Shirley do blog http://coisasecoisasdalu.blogspot.com.br/ se desejar me visite e siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita e pelo convite. Irei visita-la sim!
      Um abraço!

      Excluir
  9. Por favor, o que é esta "caixa de luz" que você menciona para copiar os riscos?
    Grta,

    Lucia (São Paulo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma caixa com o tampo de vidro e dentro tem uma lâmpada. A gente coloca o papel com o risco sobre o vidro e o tecido por cima; prende bem ( eu uso fita crepe) para não "dançar", acende a lâmpada e é só copiar o risco. Os médicos usam caixa de luz para ver radiografias. Quem não tem a caixa costuma usar uma janela que tenha vidros lisos. Já vi usarem mesas com tampo de vidro colocando-se uma luminária por baixo.
      Espero ter ajudado e agradeço pois, você me deu uma boa idéia para um post.
      Um abraço!

      Excluir
  10. Eglea, gostei muito de sua dica, trabalho com artesanato em um Projeto de Geração de renda com famílias carentes em Boituva-SP. Amei o acabamento do pano de prato em crochê, será que você pode me enviar o gráfico?
    Zelinda Sargento e-mail zeiabtv@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro Zelinda, com o maior prazer!
      Estou fazendo uma pequena viagem e só estarei em casa, no meu computador, no fim de semana mas, posso te adiantar que você encontra este tutorial no blog da "maria filomena crochet" . É um posta antigo dela...
      Um abraço!

      Excluir
  11. Amei a ideia! Vou comprar amanhã, para fazer meus riscos. Estava quebrando a cabeça pois vou bordar grandes extensões, e sem canetinha não dá! Obrigada!!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Seu comentário é importante para mim!
Um abraço
Egléa