sábado, 18 de janeiro de 2014

"JEITINHO BRASILEIRO" À MODA MINEIRA já ouviu falar?

Os cones de linha grandes e maquinas não adaptadas para trabalhar com eles representaram desafios e oportunidades para exercitar a criatividade.

A overloquinha tem seu próprio suporte idealizado e confeccionado  com a ajuda de um amigo marceneiro.


Um pedaço de bambu, devidamente lixado para não agarrar os fios, foi a primeira adaptação.


Funciona maravilhosamente bem na velha e querida Singer “pé de boi” .
Ela e eu não trabalhamos sem este bambuzinho. É acessório imprescindível, por aqui.



Mas, se o cone de linha é daqueles obesos o jeito é deixa-lo, em pé, atrás da maquina e esticar o fio com o auxilio de uma bobina.


 

Acontece que, o bambu, marcou a Singer e, quando a Janome chegou, não quis mancha-la, afinal, era brinquedo novo.
Tentei substitutos para o bambu (o corpo da caneta Big cristal foi um deles) mas, a Janome metida a chique, não aceitou nenhum. Nada funcionou. Parece que ela não tem força suficiente para fazer os cones de linha girarem e liberarem o fio.

Aí, a ideia de improvisar um ganchinho no próprio suporte de carretel dela ajudou para que a linha não "fugisse". Minha cunhada, com seus materiais, ferramentas e habilidades de protética executou a ideia. Deu certo!
Funciona muito bem para as costuras em geral e também na outra Janome, a bordadeira eletrônica.






Mas... (quase tudo tem um “mas”, não é?), para os bordados de movimento livre não funciona, as vezes a linha embola, enrola e é uma chatice parar tudo para arrumar a desgraceira que acontece.

Então, a parte inventora da minha personalidade entrou em ação e... tchan, tchan, tchan... apresento meu novo e funcional esticador de fios.


Um potinho vazio (não é lindo este potinho rosa choque? Eu acho!), um furo na tampa, um pedaço de cabo de vassoura devidamente lixado e polido.


Um pouco de massa para fazer peso e fixar o cabo de vassoura, uns dois dias para secar bem, na altura certa um ganchinho e...  pronto!



Tudo funcionando maravilhosamente bem!


“Jeitinho brasileiro”  à moda mineira. Eta nóis, sô!

20 comentários:

  1. BOA TARDE, COLEGA EGLÉA!
    GOSTEI DE VER! TAMBÉM FAÇO MEUS "AJUSTES TÉCNICOS". SÃO INDISPENSÁVEIS NO DIA-A-DIA, NÉ? :)
    PASSE EM "GAM DOLLS (2)", MOÇA! TEM POSTAGEM NOVA POR LÁ TAMBÉM. APROVEITE E PARTICIPE DO CONCURSO CULTURAL DO BLOG. ;)
    TENHA UM LINDO FINAL DE SEMANA.
    ABRAÇÃO "PROCÊ"! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei disso...sempre vejo suas invenções.
      Um abraço!

      Excluir
  2. Egléa, adorei esta tua mensagem.....Jeitinho brasileiro à mineira!!!! Muito bom....abraços de MF

    ResponderExcluir
  3. Eita, que somos um povo danado de inventivo, hei, Egléa?
    Minha mãe também inventou um ganchinho para as costurices dela, mas fica na parede, na moldura de um quadrinho... rs
    Querida, depois de uma eternidade sem postar nada acabo de publicar um texto em que menciono o presente que me deu... apareça por lá!
    Grande abraço e um ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, fiquei toda "inchada" pelas suas palavras tão lindas. Obrigada de novo e um abraço muito carinhoso!

      Excluir
  4. Gostei viu, amo esse jeitinho mineiro de ser, nós Mineiros sempre damos um jeito mesmo. Adorei a sua engenhoca, carinhosamente chamada de esticador de fios, parabéns pelo invento e obrigada por compartilhar.
    bjs e fique com Deus,
    Marlene

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem não tem cão (ou mora numa cidade em que o comércio é bem sem recursos) caça com gato (ou inventa), não é?
      Um abraço!

      Excluir
  5. Parabéns, Egléa, muito inteligente você é! :)
    Bom trabalho!
    Abraço: Palkó

    ResponderExcluir
  6. Rachei de rir aqui agora,pensei ser só eu que fazia essas marmotices, pra segurar a linha desses carreteis grandes enfio um palito de churrasco no buraquinho do outro, fica aquela coisa feia, mas funciona.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos brasileiras... temos o jeitinho já vem no pacote do DNA...
      Um abraço!

      Excluir
  7. Wow,I loved seeing all your technical adjustments to get the work done.You've put a great amount of effort and time to work this out,Congrats for nailing it!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que estas ideias podem ser uteis para alguém...
      Um abraço!

      I believe these ideas can be useful for someone ...
      Hugs!

      Excluir
  8. You are so clever to have thought of this solution , I can see that it would work well !!

    ResponderExcluir
  9. I like the way your mind works !
    If only someone would invent a machine that was perfect in every way, eh ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando alguns recursos faltam a cabeça funciona... é o que chamamos aqui no Brasil de "jeitinho brasileiro".
      Um abraço!
      When some features missing head works ... is what we call here in Brazil "Brazilian way".
      Hugs!

      Excluir

Obrigada pela visita!
Seu comentário é importante para mim!
Um abraço
Egléa